terça-feira, 10 de novembro de 2009

É isso mesmo?

Posso estar longe, mas do futebol brasileiro nunca. Internet, tv, web rádio, seja lá como for, estou eu sempre acompanhando o campeonato brasileiro. E todos acham bonito ver um tornei tão disputado, ponto a ponto, posição por posição, mas poucos, ou ninguém, se atreve a comentar que é um nivelamento não lá por altos níveis futebolísticos. Essa questão posta de lado, de fato os clubes se amontoam e brigam tanto por título, quanto para não cair para série B. E o campeonato acabando, partidas decisivas para os dois extremos da tabela acontecendo...
E eis que um gol do Palmeiras anulado vira caso de polícia. O Jornal Nacional é aberto com a chamada "O que Simon viu para anular o gol de Obina?". Pera lá, nunca anularam um gol, nunca o juiz errou e, talvez mexa no "resultado" total do torneio em questão? Vá lá que deu uma forcinha ao Fluminense, no desespero para não cair (o que julgo justo, o Flu precisa pagar pelo tapete que o resgatou do limbo do futebol). Não entendo mais nada. O árbitro foi suspenso até o final do ano de gramados brasileiros. Também não entendo essa moral toda que o Palmeiras tem de chorar tanto, reclamar tanto e ser atendido, o pior...relamente tá valendo chorar. Vai desde a diretoria, passa pelo treinador, jogadores, torcida. Muricy desde sempre foi assim, resmungão, grosseiro. Até outro dia ele era assim, mau humorado, e todos riam. Aí atacou a imprensa, generalizou profissionais e pronto, todo mundo caiu de pau, ACEESP divulga nota repudiando a atitude do treinador. Pra mim, os jornalistas esportivos já deviam ter se ofendido a mais tempo, na primeira falta de respeito com algum dos profissionais. Levantem e saim da coletiva, retruquem e o deixem falando sozinho, boicotem a coletiva...veríamos o respeito surgir, respeito ao cidadão e ao profissional, foi o que sempre vi faltar e todos davam o nome de "rabugisse". Pra lacrar, faz duas semanas que ouço Obina ser chamado de craque. Hem? São loucuras que só o futebol brasileiro tem para oferecer mesmo ou eu que estou desinformada e não entendo mais nada?

Nenhum comentário:

Postar um comentário