segunda-feira, 27 de julho de 2009

Clássico é clássico...venceu quem jogou melhor

Os amigos que acompanham este blog, e principalmente os que me conhecem pessoalmente, talvez achassem que eu não viria hoje para comentar futebol. Pois bem, cá estou. Faço por paixão, mas, e também, por profissão, jornalista que sou.
Então vamos lá. Claro que gostaria de ter visto outro clássico, um jogo mais bonito, mais disputado, emocionante. Mas o que vi foi o jogo de um time só, o Palmeiras. O Corinthians jogou ontem? Jorginho armou muito bem sua equipe, marcação boa que fez com que o timão não criasse, não saísse para o jogo, ficasse perdido no meio campo. Méritos ao interino que se despede do comando alviverde com histórico bom e chave de ouro. Ressalva apenas para a desnecessária consulta a Muricy, que assistia das tribunas a vitória de seu novo time, no final da partida. Puxa Jorginho, você foi tão bem, pra que se rebaixar a isso, sem a menor necessidade. Sai com o dever feito. O Corinthians por sua vez sentiu falta de suas peças perdidas. O meio não tinha marcação, não tinha armação, não tinha organização. Time perdido em campo. Cristian, cadê você? O lado esquerdo também estava manco, faltou as subidas de André Santos ao ataque, Jorge Henrique até tentava alguma coisa por aquele lado, mas sem sucesso.
Ronaldo contundido, e agora? Entra Moradei... nesse momento pensei: "mas gente, não há um atacante de área, com características semelhantes as do fenômeno para entrar?". Otacílio Neto, que pra mim é um bom jogador está no Barueri (e ontem deu sufoco na zaga do São Paulo), sobrou quem mesmo?... A noite, em uma atitude quase masoquista, zapeava canais e parava sempre nas meses redondas. Quando numa dessas, um dos meus jornalistas esportivos preferidos, André Rizek diz: "Não entendi a entrada do Moradei, tinha o Souza como opção no ataque". Desculpe-me colega, mas Souza não é opção, ele apenas está no banco, mas não é opção! É e agora, de 4 a 5 semanas sem Ronaldo com a mão fraturada e nosso banco sem opção, literalmente.
Não há o que discutir, o Palmeiras dominou o clássico, jogou muito melhor, levou a merecida vitória. Apenas registro a surpresa, indignação ou sei lá o que: três gols do Obina faz a derrota ser ainda mais doida. E aproveito o alerta: este jogo foi um bom aviso do que teremos se o Corinthians não repor as peças perdidas, ou ao menos não estruturar melhor a equipe. No meio da semana já havia sofrido para passar pelo Vitória e agora uma derrota assim em um clássico... a sorte é que a rodada ajudou e o timão ainda continua na beira do bolo do G4. Ah se tivesse vencido, a rodada foi inteira boa para o Corinthians, exceto a própria derrota.
*****
Apenas para lembrar o show dois meninos do Volêi, campeão mais uma vez da Liga Mundial. Bernardinho é mesmo um técnico brilhante. Renova a seleção aos poucos, mantém peças experientes e importantes, mescladas com a juventude talentosa e com vontade de vencer. E olha, disseram que a arbitragem, composta por sérvios roubou até cansar os brasileiros, que foram pra cima, mostraram em quadra pra que vieram, raça, sangue nos olhos, vibração. Bom exemplo ao esporte e ao futebol...os caras são fantásticos! Saldo positivo do domingão esportivo!

4 comentários:

  1. Nem sempre as coisas saem como a gente quer...
    Foi isso que aconteceu ontem (pelo menos para vc, pq meu domingo foi sensacional)!!!
    O Palmeiras matou o Corinthians e acho que o Souza seria a melhor opção para aquele momento do jogo... mas o Mano não enxerga isso!!!
    Sabe pq o Corinthians vendeu André Santos e Cristian? Para pagar a dívida que tem em relação a contratação de Souza. Oras, se foi isso que aconteceu, pq não mandar o jogador entrar em campo?
    Burrice...
    Isso que foi apenas uma das coisas que fez o Corinthians perder o clássico...
    Quem sabe um dia eu veja vc comemorar uma vitória diante do Verdão...
    Enquanto isso, ha ha ha... Obina!!!

    ResponderExcluir
  2. O resultado foi o primeiro reflexo do desmanche causado pelo que eu chamo de "Síndrome Dualib".
    inaceitável a diretoria abrir mão de jogadores tão importantes e de difícil reposição no mercado atual.

    Espero que a derrota para o nosso arquirival tenha acendido a luz vermelha no parque e faça a diretoria enxergar que o timão tinha um time, não um elenco.

    Vamos torcer pro Marcelo Oliveira se recuperar logo, pro Edu entrar em forma e pra venda do Felipe melar. O Douglas... já vai tarde.
    Apesar de tudo, acredito na força do time e na capacidade do mano. Sónos resta torcer.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. O Palmeiras jogou muito bem e o Obina arrebentou com o Corinthians.
    Brigar pelo título, acho complicado para o Corinthians porque perdeu bons jogadores com a janela de transferência e para piorar perdeu o Ronaldo também por 8 jogos.
    Só quero ver como o Corinthians vai continuar.

    ResponderExcluir
  4. Souza perto do Moradei é gênio.. Mano brincalhão...Porcos só jogaram melhor porque o Gaciba garfou...

    ResponderExcluir