terça-feira, 12 de maio de 2009

Libertadores não é séria

Dizem que a Libertadores da América é uma competição séria, a mais importante das Américas, disputadíssima, de grande valor. O São Paulo se vangloria por disputá-la com frequência, colecionar títulos, é como se, no Brasil, fossem os "donos" da Libertadores. O Palmiras também já ganhou a taça, o Santos, Grêmio, entre outros grandes do nosso futebol. E há muita cobrança pelo fato de, dentre estes maiores times, o Corinthians nunca tê-la conquistado, está, inclusive, nos planos da diretoria para a festa do centenário do clube ganhar a América.

Concomitantemente à realização da Libertadores de 2009, surege no México e se espalha pelo mundo a Gripe Suína. Como um dia a Espanhola surgiu e assustou o planeta. Casos confirmados em diversos países, mortes, o México, o grande foco, para suas atividades econômicas, sociais, esportivas. Eis que o brasileiro São Paulo avança às oitavas-de-final da competição e teria como adversário o Chivas do México. Outra partida seria San Luis e Nacional do Uruguai. Surge então o entrave: ir ao país onde surgiu a temida gripe é inviável, trazer ao Brasil ou outro país os mexicanos um risco, como fazer então para disputar a vaga das quartas-de-final na libertadores? Parecia mesmo um complicado caso a ser resolvido. Dou razão a ambas as partes, quem não quer ir e quem não quer vir, os direitos e medos que cada clube alegou, mas a solução encontrada foi a mais bizarra e desmoralizante possível.

A Confederação Sulamericana de Futebol (Conmebol), que organiza a Libertadores, tentou acordos, soluções como dois jogos no Brasil, jogo único em São Paulo, mas sem aceitação dos clubes envolvidos, no caso da partida que envolve o time brasileiro. Sem acordo, os times mexicanos se ofereceram para sair da competição, o que de pronto foi aceito. São Paulo e Nacional avançaram às quartas sem nem se quer jogar. Como assim? Que desordem é essa? É um problema mundial, que concordo, parecia sem solução para ambos neste caso. Já que os mexicanos desistiram, que os terceiros dos respectivos grupos ficassem com a vaga, ao menos para haver disputa em campo, não dar a vaga assim! Que uma solução fosse pensada, sem fazer com que a disputa caísse no ridículo.

Para mim, isso faz com que a Libertadores caia no descrédito. Times desistindo da competição, vagas dadas... E claro, os interessados dizem que jogar seria melhor, mas que isso e aquilo e ficam com a vaga fácil sem titubear! Fica fácil assim! E o pior é que a notícia é dada, mas não comentada. Imagino se isso acontece com o Corinthians, por exemplo. Já teria aquela chiadeira de que o campeonato foi roubado, o time favorecido. Mas com os donos da competição é normal, foi a solução encontrada, justa ou não. Porque os dirigentes não aparecem agora, esbravejando na tv? Comodismo, satisfação. E ainda dizem que é séria, disputadíssima, a melhor do continente, que todo mundo quer? Isso tá mais mal explicado e mal organizado que competição no Brasil... Quero ver o que os poetas da imprensa irão falar. Nada né?

2 comentários:

  1. Concordo plenamente!
    Dois times sairão com vantagem nas quartas de final pois os outros terão um desgaste maior.
    Cheguei a ver uma reportagem onde a comissão das meninas estava indo tirar visto pro jogo e um dos bambis havia dito que todos tomaram injeção pra prevenir a doença. Os atletas mexicanos também não estavam contaminados.
    Isso pra mim é sacanagem pura e vc está certíssima. Se fosse com o Corinthians e ele ganhasse a competição, todos diriam que foi por conta desse "beneficio".
    Afinal, é corinthians contra todos. Todos tm medo e mágoa do TODO PODEROSO TIMÃO!!
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi Gláucia, tudo bem?
    Tá mais do que provado que a Libertadores, nessas fases menos agudas, é um campeonato completamente desinteressante...Mais do que isso, é um campeonato realmente desorganizado e sem critério, haja vista essa patotada feita com os times mexicanos...que barbaridade...
    E o pior de tudo são os bambis que fingem não terem gostado dessa decisão estapafúrdia da Conmebol...
    Beijão e parabéns pelo blog (leio sempre)

    ResponderExcluir