quinta-feira, 26 de março de 2009

No salão de beleza...

Toda mulher sabe como é bom ir ao salão de beleza, gastar reais e mais reais com unha, depilação, cabelo, etc etc etc. É a vaidade feminina bem cuidada, é uma das belezas, um dos prazeres de ser mulher. Naqueles dias em que sua auto-estima não está bem, sua energia está nos pés, ir ao salão e cuidar de si mesma é um bom remédio. Sair com mãos e pés pintados, cabelos arrumados, a mulher se sente uma diva!

O salão é um local predominantemente frequentado por mulheres. E por ser um local onde o clima é de descontração os papos não são dos mais interessantes, ou complexos. As revistas de fofocas e novelas pautam a conversa do dia e da semana. Mulheres discutindo relacionamentos de famosos, defendendo participantes do BBB, chega a ser enfadonho! As opiniões são defendidas com unhas e dentes, tudo sobre nada, absolutamente nada!

Eu sento lá, relaxo e apenas ouço, rio e concordo com um sorriso nos lábios...mas no fundo fico pensando "o que isso me interessa? O que tenho a ver com a vida dessa ou daquela atriz, com quem ela sai ou deixou de sair?". E a coisa é séria. Dia desses estava lá, e uma figura chegou para fazer a unha. Eu com mãos e pés esticados, quase dormindo, quando a moça em questão grita, indignada: "Gente essa mulher já está com outro, e o rapaz é muito mais novo que ela, que absurdo!" Todas as demais olharam, perplexas com o berro e a atitude da mocinha.

No mesmo dia o cabeleireiro vira, indignado para mim, com uma revista na mão e me diz: "Fiquei bege de ver como esta mulher tá velha e feia...como o marido dela ainda não separou?"

Absurdo digo meu minha amiga, bege fico eu meu amigo! Pra que isso, me questionei, será que eles não teriam conseguido vivido até o presente momento sem aquelas informações? Tenha dó.

Tudo bem, sei que eu não me interesso em fofocas e novelas, prefiro discutir o bom e velho futebol, mas acho que o pessoal passa dos limites. Tá, também concordo que esse é, inclusive, um grande filão da minha profissão, há muito produto "jornalistico" com estas bandeiras e são bem sucedidos. Mas ver e ouvir coisas como estas cansam, e as vezes estragam a graça do salão, mesmo porque, num tenho assunto e nem sei do que tão falando.

Em outra ocasião, começaram a falar do Ronaldo Fenômeno, ao meu lado. Ufa, poderia tranquilamente entrar no papo. Ilusão a minha, logo o assunto enveredou para a vida particular de mulheres, filhos, noitadas... acabou minha graça. Ilusão mesmo achar que ali, onde apenas mulheres falam como gralhas, e como é sabido poucas se interessam por futebol, a conversa pudesse seguir por esquemas táticos, corinthians, a rodada do final de semana.

No fim das contas o salão é um local no qual falo pouco, apenas observo e reflito muito sobre a sociedade, a mulher e tudo isso junto. A vaidade e a beleza de ser mulher se perde em meio a frivolidade dos comentários e assuntos vazios. Uma pena!

Um comentário:

  1. Tem um barbeiro perto da rodoviária que o assunto dominante é futebol e política. A diferença é que não há serviços como depilação e hidratação.....mas o Jarbas dá um "tapa" no cabelo que é uma beleza!rsrsrs Vai lá! rs

    ResponderExcluir